Preletores 2019

Luis Ricardo Silva Queiroz
 
 
Palestra (12/08 às 19h): "Dos Cânones Artísticos às Incursões Interculturais: Transversalidade e Rupturas Decoloniais na Formação e na Práxis Docente em Artes"
 
Doutor em Música (área de Etnomusicologia) pela Universidade Federal da Bahia (UFBA - 2005), Mestre em Música (área de Educação Musical) pelo Conservatório Brasileiro de Música (CBM - 2000) do Rio de Janeiro e Graduado em Educação Artística, Habilitação em Música, pela Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes - 1997). Foi Professor do Conservatório Estadual de Música Lorenzo Fernandez, de Montes Claros, de 1995 a 2002 e Professor Adjunto da Unimontes de 1998 a 2004. Atualmente é Professor Associado do Departamento de Educação Musical e do Programa de Pós-Graduação em Música (PPGM) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Nessa Universidade, foi Coordenador do Curso de Licenciatura em Música (2006 - 2009), Chefe do Departamento de Educação Musical (2004-2005) e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Música (Mestrado e Doutorado) (2010 - 2015). Atuou como membro das Comissões Assessoras, do INEP/MEC, da Prova Nacional para Ingresso na Carreira Docente (2010 - 2015) e do ENADE - Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (2006 - 2013). Tem atuado como consultor de processos de avaliação dos programas de pós-graduação da área de Artes / Música da CAPES (2013 - 2017). Foi professor visitante da University of Texas at Austin, Estados Unidos, tendo realizado entre agosto de 2018 e julho de 2019 pesquisa de pós-doutorado nessa Instituição. Como palestrante e conferencista atou em todos os Estados brasileiros e no Distrito Federal, bem como em países como Peru, Inglaterra e Estados Unidos. É Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq desde 2013 e autor de diversos artigos na área de música publicados nacional e internacionalmente em livros, revistas especializadas e anais de congressos. Foi Presidente da Associação Brasileira de Educação Musical (ABEM) - Gestão 2013 - 2015 e Gestão 2015 - 2017.
 

Ricardo Ribeiro Malveira

Palestra (13/08 às 19h): "O Estar-Junto e o Espaço Praticado no Ensino das Artes: Coexistência e Diálogos entre Saberes Identitários, Dimensões Estéticas e Poéticas Híbridas"

Professor adjunto da Universidade Federal do Tocantins UFT/Palmas no curso de Licenciatura em Teatro. Doutor e Mestre em Artes Cênicas no Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal da Bahia - PPGAC - UFBA (2011) (2015), Pós-Graduação em Arte-Educação pela Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes (2004), Graduado em Educação Artística com habilitação em Artes Cênicas na Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes (2002). Técnico em Decoração no Conservatório Estadual de Música Lorenzo Fernandez - Celf (2002). Graduando em Artes Visuais (2017 - 2021) - Universidade Federal de Goiás - UFG. Associado a Abrace com trabalhos nos Gts-Imagem, Mito e Cena; e, Poéticas Espaciais, Visuais e Sonoras. Foi professor no curso de Teatro da Unimontes (2004 - 2016) onde Coordenou o curso (2011 - 2012); Coordenou o Curso de Licenciatura em Teatro na UFT (2017 - 2019). Ator (1993 - 2019) particupo dos grupo Fibra e Cia do Sonho. Possui experiência direção teatral com foco nos processos e poéticas híbridas na cena e procedimentos cênicos com performances populares brasileiras. É brincante Catopê no congado das Festas de Agosto da cidade de Montes Claros. É Artista visual com experiência em desenho, pintura, modelagem, e fotografia aplicados aos aspectos visuais e plásticos da cena/criação e confecção em áreas como o Teatro de Formas Animadas, Figurino, Iluminação e Cenografia. Na docência teve experiência no ensino básico, fundamental (colégio Índice (2000 - 2005) e Escola Estadual Carlos Versiane (2003 - 2004) Montes Claros). Na universidade atua na extensão e na pesquisa universitária artes no campo das artes cênicas nos seguintes temas: procedimentos para interpretação teatral; performances populares brasileiras, poéticas híbridas e aspectos visuais para a cena. As pesquisas atuais orbitam em torno das discussões sobre a Teatralitura, a visualidades e os imaginários de temas como ancestralidade, mito, ritual e gênero.

Eduardo Moura

Palestra (14/08 às 19h): "Des/Obediência Epistemológica e De /Colonialidade na Formação Docente em Arte na América Latina" 

Des/Obediência Epistemológica e De /Colonialidade na Formação Docente em Arte na América Latina 

Doutor em Educação (Doutorado Latino-americano/FaE/UFMG), Mestre em Educação (FE/UnB), Professor da Licenciatura em Artes Visuais do Departamento de Artes da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). Coordenou o PIBID da área de Artes Visuais da Unimontes 2009 - 2017. Investiga a formação docente em Arte na perspectiva decolonial na América Latina.

 

REALIZAÇÃO:

Newsletter

Assine a nossa newsletter: